Como encontrar novos franqueados para sua rede

imagprincipal-01Você já passou por diversos desafios, trabalhou muito, mas hoje está enfrentando uma dificuldade que te tira o sono: não consegue expandir sua franquia, conquistando novos franqueados. Esse desafio atinge principalmente quem está começando, e está buscando pelo primeiro franqueado.

Algumas vezes, para vencer este obstáculo são necessários ajustes em detalhes da sua operação. Em outras, é necessário adotar uma postura comercial mais agressiva e contar contar com ajuda especializada. Para te ajudar a entender melhor, resolvemos listar algumas dicas para te ajudar a conquistar novos franqueados.

Revise o que tem em mãos

Para começar, que tal revisar o que você já tem em mãos? É importante que a sua marca esteja protegida e com documentação em dia. Pergunte-se: você já fez um registro de marca? Os manuais de operação da sua franquia estão prontos para uso? Outros documentos, como termos de sigilo, e a própria COF (Circular de Oferta de Franquia). A falta de profissionalismo evidente nessa fase afasta potenciais compradores.

É interessante ter em mãos dados, e se manter atualizado sobre o mercado em que a sua franquia atua. Muitas vezes, para não dizer sempre, os interessados estão procurando um paraíso seguro para investir o seu dinheiro. Atender um possível interessado, e não saber informar sobre o mercado em que atua é fatal.

 

  Marketing

Sim, o famoso marketing, é muito importante. Para conquistar novos franqueados, você precisa investir nisso. Indicações de seus franqueados, e a propaganda “boca a boca” são válidos, mas não exclui a necessidade de uma atitude mais assertiva, baseada em dados e planejamento. Não confunda com Publicidade, e com Propaganda. Apesar destas áreas da comunicação sejam integradas, elas são diferentes.


Marketing é o planejamento, criação e desenvolvimento de produtos e serviços que satisfaçam os clientes, com o foco de vender mais que o seu concorrente. A Publicidade é quando você torna público produto e serviços que foram criados. Já a Propaganda, é quando se apresentam informações que vão influenciar o público para uma causa ou, no ponto de vista comercial, para que se escolha a sua marca. Tendo estes pontos esclarecidos, podemos avançar um pouco mais.

Marketing de Conteúdo

Antigamente, era comum as pessoas trocarem cartas de amor, mesmo na fase de flerte, ou paquera, com quem elas tinham interesse. Marketing de conteúdo, não é muito diferente disto. Ele serve para manter próximo o relacionamento da sua empresa com os possíveis interessados em se tornar um novo franqueado.

O intuito é produzir materiais que despertem o interesse do leitor na sua franquia, mostrando justamente que a sua marca sabe do que está falando.. Por exemplo, em uma franquia de serviço de reparos automotivos, o site pode abrigar um blog onde se fala do mercado, de novas técnicas de reparos, de aparelhos que são utilizados, ou mesmo de novos lançamentos do mercado automotivo.

É claro que essa conquista não é rápida, mas funciona, pois traz autoridade para a sua marca, chamando muita atenção. Produzir este conteúdo muitas vezes resolve um dos problemas que citamos antes, que é apresentar ao seu possível cliente domínio do mercado e segurança no investimento. Além da opção de um blog, você pode criar e-books e cursos, além de disponibilizar a opção de cadastro para receber notícias por e-mail.

Marketing Digital

Certo, sabemos que produzir conteúdo é muito legal. Mas como fazer para que as pessoas saibam que você tem conteúdo? Através do Marketing Digital você conseguirá isto.

Você tem a sua marca, e ela precisa estar bem representada no mundo digital. Não simplesmente criar perfis nas redes sociais, mas também saber gerenciar isso de forma correta. O Marketing Digital é poderoso, e um ótimo lugar para começar, pois gera resultados com valor baixo de investimento.

Comece pelo site da sua franquia. Ele deve oferecer de forma ágil as informações mais básicas que uma pessoa interessada precisa encontrar, como do que se trata a sua franquia, como fazer um contato com você, fotos dos seus produtos ou serviços, assim como depoimentos de alguns franqueados que já estão na sua rede. Seu site é a sua base online, pois nele você pode abrigar o seu blog, ou oferecer materiais de conteúdo como e-books ou cursos, e a opção de cadastro para receber notícias por e-mail (newsletter), como já dissemos.

Aliás, o newsletter é algo muito interessante. Você já fez alguma compra online, e hoje recebe vários e-mails daquela loja, oferecendo mais produtos, não é? Você também pode fazer isso através do newsletter (mas esforce-se para manter uma boa qualidade no conteúdo que envia, e não somente disparar muitos e-mails sem sentido ou de pouco valor, pois isso irá atrapalhar, e não ajudar).

As redes sociais são importantes, pois atinge vários tipos de público, não somente aquele que já está procurando uma franquia para investir. É interessante manter as redes sociais ativas, com publicações frequentes, e de preferência direcionando para o seu site ou para o conteúdo que está criando.

 
Google

Seu site está pronto? Certo. Já sabe qual conteúdo vai produzir? Ótimo. Já está nas redes sociais? Beleza. Agora tem mais uma dica, essa sendo um pouco mais técnica.

 SEO, ou Search Engine Optimization. 

O SEO é um conjunto de técnicas que serve para melhorar a posição do seu site na busca do Google. Isso é importante, pois cerca de 30% de todo o tráfego da internet fica na primeira página. Ou seja, se você não estiver na primeira página, vai dificultar o acesso ao seu trabalho.

Entretanto o Google tem outra opção, a de anúncios pagos (AdWords). Com eles seu site aparece de forma destaca, acima da pesquisa ou na lateral do site. Eles são úteis sim, mas não excluem a importância do SEO. Por se tratar de um anúncio pago, é muito importante se informar ao máximo antes de incluir esta opção de divulgação no seu planejamento.


 
Vendas/Atendimento

Não menos importante, chega o momento de negociar e fechar com o seu novo cliente. Após todo o trabalho de divulgação e conquista dos interessados, perder a oportunidade por uma falha no atendimento é terrível.

Você precisa responder rapidamente todos os contatos que receber, seja através do seu site, rede social, ou indicação. Não responda com perguntas ou convites de reuniões, pois isso assusta o interessado. Afinal, se ele te pediu informações, com certeza não quer ouvir outra coisa que não sejam as respostas para suas dúvidas.

Para manter isto sob controle, uma dica é manter os dados dos interessados em um sistema de CRM (Customer Relationship Management), ou seja, um programa que organize tudo para você; desde os contatos dos clientes até um funil de vendas, para que você possa observar a evolução do seu negócio.

Tenha em mente a possibilidade de ter uma equipe de vendas focada somente nisto. Muitos empreendedores pecam por tentar abraçar o mundo, desempenhando todas as funções da empresa. Ele limpa o chão, atende o cliente na loja, monta o site, e responde os e-mails sobre expansão. Em algum momento, essa máquina vai travar. É válido obter conhecimento (como você está fazendo agora, lendo), mas pode ser mais produtivo delegar estas funções, e terceirizar os serviços. Algumas empresas oferecem serviços de consultoria para que tua rede cresça com mais foco. Vale pesquisar.

Para resumir:

Você precisa entender bem o perfil de um potencial franqueado para tua empresa, para só então focar seus esforços. Listamos algumas dicas para que você tenha um ponto de partida, mas há muito mais a se fazer. Se quiser saber mais sobre como expandir a sua franquia conquistando novos franqueados, procure a Bernoli. Temos certeza de que poderemos te ajudar.

Posts Relacionados

Compra de franquia? Saiba o que analisar antes

Por Michel Bernardino, em 14/08/2018

VAI COMPRAR UMA FRANQUIA? SAIBA O QUE ANALISAR ANTES A compra de uma franquia é uma  decisão animadora. Quando decide-se por [...]

“Funil de vendas”: o que sua franquia precisa saber.

Por Michel Bernardino, em 31/07/2018

  Funil de vendas” e “pipeline de vendas”, como também é conhecido, já se tornou um assunto corriqueiro na área [...]

[Varejo] Como vender mais neste final de ano

Por Michel Bernardino, em 22/11/2016

Como vender mais neste final de ano Em épocas de final de ano é comum que o movimento no varejo aumente. Além da economia [...]